2007-06-24


Rock Militante na Casa Viva

Concerto de Solidariedade com António Ferreira

António Ferreira, presentemente recluso em Pinheiro da Cruz, concelho de Grândola, encontra-se numa situação injusta e irregular dentro da prisão, até mesmo segundo as leis pelas quais é julgado.

O tratamento que tem recebido ao longo destes últimos 13 anos é muito diferente do tratamento dado à maioria das pessoas presas. Além de recentemente não lhe serem concedidas saídas precárias (apenas alguns dias fora do estabelecimento prisional), as suas reivindicações nunca são atendidas ou demoram anos a sê-lo.

As situações mais gritantes são talvez a não aplicação de cúmulo jurídico (acumulação de penas para que, no total, uma sentença de prisão não ultrapasse a pena máxima prevista na lei), prática comum dos tribunais portugueses, e a recusa em colocar o António em liberdade condicional. Coisa que já se poderia verificar há mais de 4 anos!
Estranhamente, não está a ser dado um tratamento "comum" a este caso, o que nos leva a concluir que o António se trata de um preso político.

Dia 24 de Julho está marcada uma audiência para análise do pedido de liberdade condicional. Apesar de já há muito tempo ter direito a tal, ainda há seis meses atrás foi-lhe negado o pedido sem qualquer justificação plausível.

Para mais informação sobre este caso, aparece dia 30 de Junho no Casa Viva ou contacta
cosanossa@gmail.com

Sáb. 30 junho, 22h00 entrada livre
concerto

Disgraça
Disgraça, banda Crustpunk Diy com forte influência libertária. Com alguns ex-integrantes de Tempos de Revolta. A banda nasceu em Ferreira do Alentejo em 2005.

Disastro Sapiens
Neste momento estamos a braços com uma questão metafísica fundamental: não estamos certos se existimos realmente (se a resposta for positiva é um absurdo que não conseguimos compreender). Como tal, não faria sentido uma biografia duma existência não demonstrada.

Dom. 1 julho, 22h00 entrada livre
concerto

Tintura d'Ódio
Crust com Crosta dos esgotos Sadinos

Focolitus
Uma das bandas mais criativas da cena punk portuguesa, porque vai mais longe na busca de inspirações para o mundo do punk ska.

Casa Viva
Praça do Marquês de Pombal, 167 – Porto

Etiquetas: ,

2 Comments:

Blogger lacosa said...

Correcção das informações dadas sobre o processo legal do António:

O companheiro António Ferreira, presentemente recluso em Pinheiro da Cruz, concelho de Grândola, encontra-se numa situação injusta e irregular dentro da prisão, até mesmo segundo as leis pelas quais é julgado.
O tratamento que tem recebido ao longo destes últimos 13 anos é muito diferente do tratamento dado à maioria das pessoas presas. Além de recentemente não lhe serem concedidas saídas precárias (apenas alguns dias fora do estabelecimento prisional), as suas reivindicações nunca são atendidas ou demoram anos a sê-lo.
As situações mais gritantes são talvez a não aplicação de cúmulo jurídico (acumulação de penas para que, no total, uma sentença de prisão não ultrapasse a pena máxima prevista na lei), prática comum dos tribunais portugueses, e a recusa em colocar o António em liberdade condicional. Coisa que já se poderia verificar há mais de 4 anos!
Estranhamente, não está a ser dado um tratamento “comum” a este caso, o que nos leva a concluir que o António se trata de um preso político.
Como homem ligado ao pensamento libertário, o António sempre manteve uma postura íntegra e constantemente denunciou corrupções ou maus-tratos nas cadeias. O que faz com que agora seja alvo de uma perseguição óbvia.
Dia 24 de Julho está marcada uma audiência para análise do pedido de liberdade condicional. Apesar de já há muito tempo ter direito a tal, ainda há seis meses atrás foi-lhe negado o pedido sem qualquer justificação plausível.
Cabe-nos a nós mostrar, tanto ao António como a quem o julga, que ele não está sozinho!
Para mais informação sobre este caso, aparece dia 30 de Junho no Casa Viva ou contacta
cosanossa@gmail.com

1:57 da tarde  
Blogger Sardera said...

Corrigido. Também se corrigiu o facto de os Violência Violeta, afinal, não poderem tocar. Obrigado Cosa.

9:09 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home